Informação sobre o Egipto

 

INFORMAÇÕES SOBRE O EGIPTO

  • REGULAMENTOS PARA A RETOMA DO TURISMO CULTURAL NO EGIPTO A PARTIR DE 1 DE SETEMBRO DE 2020 (RESUMO)

    I – Regulamentos para Atividades Turísticas
    Todos os tipos de atividades turísticas relacionadas com o turismo cultural funcionarão com, no máximo, 50% da sua capacidade total.

    II- Regulamentos para os Meios de Transporte para Turistas (autocarros, limousines, carros de golfe, etc.)

    • Todos os meios de transporte para turistas funcionarão, no máximo, com 50% de sua capacidade total, deixando um assento vago ao lado de cada passageiro, nos autocarros e em carros de golfe, e com um máximo de dois passageiros por limousine.
    • Passageiros e motoristas são obrigados a usar máscaras faciais durante a viagem.
    • São disponibilizados desinfetantes para as mãos; depois de cada viagem é assegurada limpeza completa, desinfecção e ventilação adequada.

    III. Regulamentos para Grupos Turísticos em Visita a Sítios Arqueológicos e Museus

    • Todos os museus e sítios arqueológicos (abertos a visitantes) podem receber egípcios e turistas a partir de 1 de setembro de 2020.
    • Todos os pontos de contato e pavimentos de museus e sítios arqueológicos são desinfetados diariamente antes do horário de funcionamento.
    • Os grupos turísticos não devem ultrapassar 25 pessoas em museus e sítios arqueológicos.
    • Os guias turísticos são obrigados a usar máscaras faciais e equipamentos de áudio no interior dos museus. Os auriculares são esterilizados após cada utilização.
    • As empresas de turismo devem fornecer máscaras faciais aos turistas e motoristas.
    • A temperatura dos visitantes é verificada antes de entrarem em museus e sítios arqueológicos interiores e a dos funcionários é verificada diariamente.
    • O distanciamento físico de segurança deve ser respeitado (pelo menos 1 metro).
    • O número máximo de visitantes permitido no interior de museus e de sítios arqueológicos é:
    • 100 visitantes por hora em todos os museus (200 visitantes por hora no Museu Egípcio em Tahrir).
    • 10 a 15 visitantes no interior de qualquer pirâmide ou túmulo (dependendo da sua dimensão).
    • As visitas de escolas, universidades e organizações governamentais a sítios arqueológicos e museus devem ser notificadas com, pelo menos, 48 horas de antecedência e não poderão ter mais de 15 pessoas por visita, com um máximo de 5 visitas por dia.

     

    IV. Hotéis Flutuantes

    Os Hotéis Flutuantes (barcos de cruzeiro) não podem operar nenhum cruzeiro no Nilo antes do início de outubro de 2020.

    Traduzido do documento Regulations for the Resumption of Cultural Tourism to Egypt, da Egyptian Tourism Authority

    INFORMAÇÕES ÚTETIS

    Clima
    Muito quente e seco no Verão (Junho a Setembro), ultrapassando frequentemente os 40 ºC. e temperado no Inverno (Outubro a Maio), onde à noite as temperaturas podem descer aos 5 °C.

    Língua
    A língua oficial é o árabe. Nos locais mais frequentados por turistas fala-se também o inglês e, em muito menor medida, francês e espanhol.

    Moeda local / sistema bancário
    A moeda local é a libra egípcia. São aceites cartões de crédito (sobretudo Visa) e podem fazer-se levantamentos de moeda local em ATM’s. O Euro é aceite na maioria dos hotéis, restaurantes e lojas. Recomenda-se levar apenas notas de 5, 10 e 20€. No início de FEV2020 1€ valia cerca de 17,20 LE. Só se deve trocar moeda nos bancos ou agências de câmbio oficiais.

    Regime de vistos
    Os vistos de entrada são obrigatórios para todos os viajantes, devendo os passaportes ter a validade de 6 meses ou mais. Os vistos podem ser adquiridos à entrada. Para evitar perdas de tempo em filas, muitas agências e operadores tratam da obtenção do visto.

    Telecomunicações 
    As telecomunicações funcionam de forma satisfatória. Os telemóveis portugueses podem ser utilizados, mediante roaming. Também é possível comprar um cartão SIM localmente, mediante a apresentação de identificação. A Internet móvel é geralmente satisfatória embora o serviço apresente muitas limitações nos barcos que fazem os cruzeiros no Nilo.

    Vestuário/Calçado
    No verão recomenda-se levar roupa leve e confortável. Já no inverno é aconselhável levar agasalhos, principalmente para o período nocturno. O calçado deve ser fechado e confortável (ténis ou botas) já que na maioria dos templos e bazares o piso é irregular. Os óculos de sol, o chapéu ou boné e o protector solar são indispensáveis.

    Comportamento e costumes
    Apesar de ter costumes diferentes dos nossos, é um país ocidentalizado e liberal porque a população está familiarizada com o turismo mas é recomendável a consulta de um guia turístico se surgirem dúvidas (ex: não se pode entrar nas mesquitas calçado, de calções ou ombros descobertos).

    Electricidade
    A corrente eléctrica é de 220v/50hz. As tomadas de corrente são idênticas às portuguesas.

    Segurança
    As zonas turísticas mais visitadas, tanto no Cairo ou Alexandria, como no percurso do Nilo entre Luxor e Assuão, são muito seguras e fortemente policiadas. Como em qualquer destino, é importante seguir sempre as indicações dos guias e não se aventurar a ir para locais não recomendados.

    Diferença horária para Portugal Continental
    Inverno: +2h; Verão: +1h

Obrigado por partilhar:
0
fb-share-icon0

Leave A Comment

O seu endereço de email não será publicado.

Paradigmo Travel